Autor: Renato Senden

Triangular Ubaldo Rivero

Primeiro triangular Ubaldo Rivero aconteceu no Fundão

No último sábado,4 de novembro, o nosso Laranja participou do torneio triangular Ubaldo Rivero, organizado em homenagem a esse grande incentivador do Rugby que infelizmente nos deixou. A competição também contou com a participação das equipes Carioca e Guanabara, equipes que já tiveram Ubaldo como treinador – sendo campeão estadual desse ano pelo Guanabara – e as partidas aconteceram no campo olímpico de Rugby, na Cidade Universitária da UFRJ.

A primeira partida do Triangular Ubaldo Rivero foi entre Maxambomba e Carioca. O time entrou em campo com a participação de novatos e realizando experimentações no scrum. Com uma partida bem jogada, conseguimos manter o jogo no campo do adversário durante a primeira metade e nossa formação de scrum levou quase todas as disputas, apesar das melhorias a serem feitas. Destaque para o primeiro try marcado por Gary, após receber a bola de uma sequência de 3 off loads seguidos, o que mostra a evolução que nossa linha teve ao longo dessa temporada. Apesar de um início de segunda etapa um pouco mais relaxada, o bom rendimento seguiu, com mais dois tries, marcados por Dudu. Em um total de 3 tries e duas conversões (João), o primeiro jogo terminou 19 x 0.

Logo em seguida, a partida foi entre o Maxa e Guanabara.  Apesar das condições terem sido diferentes, não teria como não relembrar da incrível partida entre os dois times este ano pelo campeonato Fluminense de Rugby, onde o Laranja Guerreiro chegou a ficar na frente do placar, mas acabou cedendo a vitória ao Guana. Com um time mais leve e rápido, a equipe adversária conseguiu passar fácil por nossas linhas de defesa, abrindo com tranquilidade um placar de 12×0 na primeira etapa. O que saiu até “barato” devido ao modo como o Maxa se postou em campo. No intervalo, substituições foram feitas e a estratégia de jogo refeita, o que surtiu um efeito estrondoso na partida: conseguimos impor nosso jogo e reverter o placar com tries de Dudu e Martin, seguidos das conversões cobradas por João. Mas ao final, não conseguimos segurar o placar, tendo sido marcado um try penal para o Guanabara e, quase com o juiz levando o apito à boca, mais um try do adversário, terminando assim em 14 x 24.

O último jogo do Triangular Ubaldo Rivero foi realizado entre as equipes do Carioca e Guanabara, que acabou com o placar favorável ao atual campeão fluminense. No mesmo dia também ocorreu treino e jogos entre os juvenis das equipes participantes. Isso foi outro ponto confortante do dia, pois conseguimos enxergar claramente o quanto os times estão conseguindo fazer o esporte crescer no estado, deixando o legado para novos participantes dentro e fora de campo.

Lições para 2018

Foi uma tarde muito bonita na companhia de amigos, homenageando um grande rugbier, mas também foi uma tarde para tirar lições internas. O quão preparado está o laranja guerreiro para conquistar em campo um ano digno de 10 anos do clube? Em quais pontos a equipe está no caminho certo e em quais outros é necessário uma mudança total de rumos?

2018 já começou e não é com queima de fogos ou estouro de champanhe, mas com muito suor e dedicação, para que a próxima temporada não seja lembrada apenas pelas festas, mas também pelas conquistas.

Afinal, o que é o Rugby?

O que é, de onde veio, comofas?

Em 1823, os alunos do colégio Rugby, situado na Inglaterra, se reuniram para uma partida de futebol ­– e de futebol eu sei que você entende, é aquele esporte com a bola redonda, em que deve ser chutada até o gol adversário. Mas naquela tarde, um rapaz chamado William Webb Ellis simplesmente ignorou essa regra, pegou a bola com as mãos e saiu correndo pelo campo. Apesar de controvérsias, para muitos essa é a origem do Rugby (ou rúgbi, no nosso bom português). Durante muito tempo futebol e Rugby foram considerados quase que o mesmo esporte, ligados por uma mesma associação, a Football Association, fundada em 1863 para regularizar as regras dos dois esportes. Mas lá pelos anos de 1871 houve uma briga devido a duas regras retiradas (quanto a utilizar as mãos e tacklear) que levou a separação e a fundação da Rugby Football Union.

Rugby Football Game. Pintura de Thomas M. Hemy, 1888

Ok, agora você entende mais ou menos como surgiu este esporte, mas de uma maneira direta, o que ele é? Na prática, o Rugby é um esporte de contato. O que é diferente de ser um esporte violento como uma luta, por exemplo. Na forma de se praticar, há algumas variações, sendo a mais famosa de todas o Rugby XV (Rugby quinze) onde se disputa uma partida de 15 jogadores para cada time, com dois tempos de 40 minutos. O objetivo principal é levar uma bola oval até o outro lado do campo adversário e a colocar no chão, em uma área antes do final do campo chamada In Goal. Fazendo assim, é marcado o Try, que é como um gol para o futebol, só que vale 5 pontos. Com isso, a equipe tem o direito de chutar a bola por entre um H de metal gigante que fica nas duas extremidades do campo. Acertando esse chute, são conquistados mais 2 pontos, e esse acerto é chamado de conversão. Há ainda o Rugby Seven, modalidade olímpica disputada com 7 atletas em cada time, e as partidas duram dois tempos de 7 minutos. Mas independente da variação, a bola é sempre passada para trás, nunca para frente.

Muita gente confunde o Rugby com futebol americano, o que é quase um sacrilégio para muito dos praticantes de Rugby, os chamados rugbiers. Na verdade, o futebol americano é uma adaptação das regras do Rugby. Outra coisa que você precisa saber sobre o Rugby é o Tackle. A melhor maneira de você impedir o avanço de um jogador adversário que está portando a bola é o “tackleando”. De uma maneira mais simples, é levar o adversário ao chão, em segurança, abraçando suas pernas e encaixando seu ombro na cintura dele. Calma, calma! O Rugby é, sim, um esporte de contato bem intenso, mas não é uma espécie de “porradaball”, onde você distribui pancadas portando uma bola. Na verdade, há muita lealdade e segurança no Rugby, tanto que esse esporte possui pilares básicos que são: Integridade, Paixão, Solidariedade, Disciplina e Respeito. Ações desleais em uma partida levam à punições muito rígidas e não são encorajadas. Em uma partida, a segurança dos atletas é um dever de todos e desde os treinos são treinados e praticados ações que evitem ao máximo qualquer tipo de violência e ou lesão.

Tackle

É muito comum ver ao final de uma partida os atletas se cumprimentarem e o time vencedor aplaudir o time que foi derrotado. Além disso, temos uma bela tradição que é conhecida como Terceiro Tempo, onde a equipe mandante da partida prepara uma confraternização regada à bebida, comida e boa conversa, onde os dois times festejam e comentam sobre o jogo. Muitos rivais em campo são grandes amigos fora dele, o que faz com que o terceiro tempo renda muitas histórias e diversão. Em alguns casos e pra alguns, são mais aguardados que a própria partida.

Hoje, o Rugby é o segundo esporte mais praticado do mundo, perdendo apenas para o futebol. No Brasil, é o esporte que mais cresce em números de praticantes. Depois de 92 anos, os jogos olímpicos voltaram a ter no seu quadro de esportes o Rugby, tendo sua volta nos jogos do Rio 2016. Em números de audiência, a Copa do Mundo de Rugby perde apenas para a Copa do Mundo FIFA e os Jogos Olímpicos. Hoje a Seleção Brasileira de Rugby XV masculino se encontra na 29ª posição do ranking mundial, enquanto a seleção feminina de Rugby Sevens está entre as 10 melhores do mundo.

Agora que você conhece por alto o Rugby, o que acha de experimentar um esporte novo? Nós do Maxambomba estamos de braços abertos para te receber em um dos nossos treinos, nem que seja para assistir. Mas duvido muito que você saia de lá sem ficar apaixonado por Rugby tanto quanto somos.