Tag: rugby

10 anos de Maxa por Rafael Ribeiro

Já faz 10 anos que você joga no Maxambomba?

Mais que isso. Há 10 anos eu pratico um esporte que, até hoje, poucas pessoas entendem ou já ouviram falar, mas que eu tive a oportunidade de conhecer. Já posso dizer que tenho um terço da minha vida dedicado ao rugby por causa do Maxambomba, porque um dia eu respondi à pergunta de um amigo se eu tinha interesse de ajudar a montar um time de rugby. Tenho muito orgulho de falar que sou fundador do clube, que sou jogador desde 2008, diretor há pelo menos oito anos, treinador há pouco mais de três anos, torcedor desde criancinha. Tenho um prazer imenso de fazer parte dessa história e, além disso, do clube fazer parte da minha história. Graças ao Maxambomba, conquistei vitórias, sofri derrotas, nunca perdi um terceiro tempo. Mas principalmente, ao Maxambomba eu agradeço pelo maior prêmio que tenho hoje, todos os amigos que acumulei nesses dez anos, pessoas com quem posso contar dentro e, especialmente, fora de campo.

Nosso jogador, treinador e diretor Rafael “Minguado” Ribeiro

É incrível que, olhando pra trás, fica difícil de escolher um ou outro momento pra tentar mostrar a importância desse 12 de abril. Mas é notório o quanto mudou na vida de muitas pessoas da Baixada Fluminense aquela reunião no shopping há dez anos. Dos treinos em campos de rua (saudoso Edmarzão), treinos no meio dos carros na Via Light, treinos em vilas olímpicas, formamos um time que cresceu abraçando gente de vários cantos da região, confirmando o Maxambomba como o representante da Baixada no rugby brasileiro (É até bonito escrever isso). Viajamos muito pra jogar, fizemos amigos de longe e é sempre um prazer estar com eles dividindo o campo e curtindo um terceiro tempo, que virou quase uma marca do Maxambomba. Não existe pessoa que está ou que já fez parte do time que nunca começou uma conversa com “lembra daquele terceiro tempo em…”. Como diria um amigo meu, o nome disso é legado. Um legado que não é meu, longe disso, que é do Maxambomba e de todas as pessoas que passaram por aqui. Legado que eu posso dizer que ajudei a construir, que ainda ajudo a manter e espero poder lutar pra livrar de qualquer ameaça.

Respondendo a pergunta, não, não faz dez anos que eu jogo no Maxambomba. Mas sim, só se passaram dez anos desde o início dessa história. Uma história curta, mas que já representa muita coisa pra mim, pra quem entra em campo comigo, pra quem torce, pro rugby do estado, pra Baixada Fluminense. Podemos ser um grupo pequeno, mas o Maxambomba é gigante, o Laranja é Imortal.

Início da temporada 2018

A temporada 2018 já começou

A temporada 2018 começou e nem nos falamos por aqui. Carnaval em fevereiro, nós piscamos e já estamos na beira do campeonato Estadual, que tem seu início no dia 24 de março com mando de campo e já enfrentando o time do Guanabara – ainda sem local definido. Como forma de nos prepararmos, realizamos amistosos com a equipe do Carioca, Guanabara e Niterói durante esse primeiro trimestre.

Nosso grupo está a cada dia se preparando mais para o Estadual 2018. Foto: Luis Cláudio Amaral

Nosso primeiro amistoso do ano foi contra Continue reading “Início da temporada 2018”

Treino para iniciantes

TREINO ESPECIAL PARA INICIANTES

Um dos fatores fundamentais para a sobrevivência de um time e para que sua camisa perdure por bastante tempo é a captação contínua de jogadores. Se o time foca apenas na categoria principal e não capta novos jogadores e, pior, não capta juvenis e crianças, mais cedo ou mais tarde, o déficit de jogadores assolará o time, os treinos serão vazios e o medo do time acabar chegará a todos os remanescentes.

Queremos sua presença no nosso treino especial

Pensando dessa forma e analisando as situações passadas quando quase chegamos ao cenário acima, o Maxambomba vem realizando treinos específicos para iniciantes. Foi a forma que encontramos para dar oportunidade àqueles que sentem vontade de praticar o esporte, porém, não se sentiam confortáveis em participar dos treinos que aconteciam em meio de campeonatos e tal. É um treino voltado para demostração do esporte em si Continue reading “Treino para iniciantes”

Final da Copa do mundo de Rugby feminino

Black Ferns enfrenta Red Roses na final da Copa do Mundo

Hoje acontecerá a tão aguardada final da copa do mundo de rugby feminino de XV, que teve como pais sede desse ano a Irlanda. A Nova Zelândia, maior vencedora com 4 títulos, enfrentará a duas vezes campeã Inglaterra na final desta edição.

Black Ferns x Red Roses. Imagem: www.rwcwomens.com

A disputa entre as hegemônicas seleções marca o final de um ótimo campeonato, com altíssimo nível, que irá marcar com partidas históricas, como o jogo de abertura entre Irlanda e Austrália, uma partida duríssima que teve a vitória das anfitriãs. Também aconteceu hoje a disputa de terceiro lugar, entre EUA x França, onde as francesas levaram o bronze da competição com o placar final de 31 a 23.

A final será transmitida, a partir das 15:45, pelo site do evento e pelo Facebook da World Rugby.

Afinal, o que é o Rugby?

O que é, de onde veio, comofas?

Em 1823, os alunos do colégio Rugby, situado na Inglaterra, se reuniram para uma partida de futebol ­– e de futebol eu sei que você entende, é aquele esporte com a bola redonda, em que deve ser chutada até o gol adversário. Mas naquela tarde, um rapaz chamado William Webb Ellis simplesmente ignorou essa regra, pegou a bola com as mãos e saiu correndo pelo campo. Apesar de controvérsias, para muitos essa é a origem do Rugby (ou rúgbi, no nosso bom português). Durante muito tempo futebol e Rugby foram considerados quase que o mesmo esporte, ligados por uma mesma associação, a Football Association, fundada em 1863 para regularizar as regras dos dois esportes. Mas lá pelos anos de 1871 houve uma briga devido a duas regras retiradas (quanto a utilizar as mãos e tacklear) que levou a separação e a fundação da Rugby Football Union.

Rugby Football Game. Pintura de Thomas M. Hemy, 1888

Ok, agora você entende mais ou menos como surgiu este esporte, mas de uma maneira direta, o que ele é? Na prática, o Rugby é um esporte de contato. O que é diferente de ser um esporte violento como uma luta, por exemplo. Na forma de se praticar, há algumas variações, sendo a mais famosa de todas o Rugby XV (Rugby quinze) onde se disputa uma partida de 15 jogadores para cada time, com dois tempos de 40 minutos. O objetivo principal é levar uma bola oval até o outro lado do campo adversário e a colocar no chão, em uma área antes do final do campo chamada In Goal. Fazendo assim, é marcado o Try, que é como um gol para o futebol, só que vale 5 pontos. Com isso, a equipe tem o direito de chutar a bola por entre um H de metal gigante que fica nas duas extremidades do campo. Acertando esse chute, são conquistados mais 2 pontos, e esse acerto é chamado de conversão. Há ainda o Rugby Seven, modalidade olímpica disputada com 7 atletas em cada time, e as partidas duram dois tempos de 7 minutos. Mas independente da variação, a bola é sempre passada para trás, nunca para frente.

Muita gente confunde o Rugby com futebol americano, o que é quase um sacrilégio para muito dos praticantes de Rugby, os chamados rugbiers. Na verdade, o futebol americano é uma adaptação das regras do Rugby. Outra coisa que você precisa saber sobre o Rugby é o Tackle. A melhor maneira de você impedir o avanço de um jogador adversário que está portando a bola é o “tackleando”. De uma maneira mais simples, é levar o adversário ao chão, em segurança, abraçando suas pernas e encaixando seu ombro na cintura dele. Calma, calma! O Rugby é, sim, um esporte de contato bem intenso, mas não é uma espécie de “porradaball”, onde você distribui pancadas portando uma bola. Na verdade, há muita lealdade e segurança no Rugby, tanto que esse esporte possui pilares básicos que são: Integridade, Paixão, Solidariedade, Disciplina e Respeito. Ações desleais em uma partida levam à punições muito rígidas e não são encorajadas. Em uma partida, a segurança dos atletas é um dever de todos e desde os treinos são treinados e praticados ações que evitem ao máximo qualquer tipo de violência e ou lesão.

Tackle

É muito comum ver ao final de uma partida os atletas se cumprimentarem e o time vencedor aplaudir o time que foi derrotado. Além disso, temos uma bela tradição que é conhecida como Terceiro Tempo, onde a equipe mandante da partida prepara uma confraternização regada à bebida, comida e boa conversa, onde os dois times festejam e comentam sobre o jogo. Muitos rivais em campo são grandes amigos fora dele, o que faz com que o terceiro tempo renda muitas histórias e diversão. Em alguns casos e pra alguns, são mais aguardados que a própria partida.

Hoje, o Rugby é o segundo esporte mais praticado do mundo, perdendo apenas para o futebol. No Brasil, é o esporte que mais cresce em números de praticantes. Depois de 92 anos, os jogos olímpicos voltaram a ter no seu quadro de esportes o Rugby, tendo sua volta nos jogos do Rio 2016. Em números de audiência, a Copa do Mundo de Rugby perde apenas para a Copa do Mundo FIFA e os Jogos Olímpicos. Hoje a Seleção Brasileira de Rugby XV masculino se encontra na 29ª posição do ranking mundial, enquanto a seleção feminina de Rugby Sevens está entre as 10 melhores do mundo.

Agora que você conhece por alto o Rugby, o que acha de experimentar um esporte novo? Nós do Maxambomba estamos de braços abertos para te receber em um dos nossos treinos, nem que seja para assistir. Mas duvido muito que você saia de lá sem ficar apaixonado por Rugby tanto quanto somos.

Taça Tupi dá início à fase de grupos

Taça Tupi 2017 começa neste final de semana

Neste sábado, começará a fase de grupos da Taça Tupi, campeonato nacional que dá acesso ao Super 8, o brasileirão do Rugby nacional. Os times participantes do campeonato deste ano são Band Saracens, BH, Chapecó, Charrua, Guanabara, Joaca, Niterói, Pé Vermelho, Rio Branco, Rio, San Diego e Templários.

Infelizmente, nossos amigos do Itaguaí não conseguiram vencer o Templários na fase preliminar e não permaneceram na Taça Tupi. Mas, fortalecendo a representação do Rio de Janeiro no campeonato, o Rio Rugby se junta às equipes do Niterói e Guanabara. É mais chance para o título vir para terras fluminenses. Vale ressaltar que o Maxa se mantém representado na competição, com nosso atleta Cláudio Martins atuando pela equipe do Rio.

Cláudio Martins continuará jogando pelo Rio na Taça Tupi. Foto: Luis Cláudio Amaral
Cláudio Martins continuará jogando pelo Rio na Taça Tupi. Foto: Luis Cláudio Amaral

No sábado, a partir das 13:30, no campo de Rugby da UFRJ, haverá as duas partidas do grupo dos times do Rio. O primeiro jogo será Rio x BH e o segundo, a partir das 15:30, Guanabara x Niterói. Desejamos a todos um ótimo dia de Rugby e boa sorte aos representantes do nosso Estado.
Mais informações sobre os outros jogos no Portal do Rugby.

Finais do Estadual XV de 2017

Estadual de Rugby XV de 2017 já tem seu vencedor

No final de semana passado aconteceram as finais do Estadual de Rugby XV de 2017. Jogos difíceis e bastante disputados puderam mostrar o quanto a fórmula deste Estadual foi um sucesso, disponibilizando mais jogos e diferentes adversários, principalmente para as equipes que eram da Série B no ano passado.

Guanabara campeão 2017. Foto: Luis Cláudio Amaral

Levantando a Taça Ouro – e o título de campeão estadual – o Guanabara venceu o Niterói por 37 a 30, num jogo em que ambos os times poderiam sair com a vitória, mas o Guana levou a melhor, assim como no ano passado. Na Taça Prata a disputa foi realizada entre a UFF, campeã da Série B do ano passado, e Carioca. O Carioca, que vinha mostrando sua evolução, chegando ao jogo com chances iguais de levar a Taça, foi vencido pela UFF com o placar de 46 a 17.

Maxambomba. Foto: Luis Cláudio Amaral

Já as disputas de terceira colocação das Taças ficaram por conta de Itaguaí e Rio, onde o Rio marcou um placar de 41 a 13, ficando em terceira colocação. Já na parte de baixo da tabela, o Maxambomba fez sua parte vencendo o combinado de Friburgo/Juiz de Fora por 45 a 23, ficando com a terceira colocação da Taça Prata – sétima colocação na classificação geral.

Logo, a classificação geral do Estadual de 2017 ficou dessa forma:

Classificação Time
Campeão Guanabara
Vice-campeão Niterói
3º colocado Rio
4º colocado Itaguaí
5º colocado – Taça Prata UFF
6º colocado Carioca
7º colocado Maxambomba
8º colocado Friburgo/Juiz de Fora

O Maxambomba agradece e parabeniza a Federação Fluminense de Rugby pelo campeonato realizado e pelo trabalho que vem exercendo no Rugby do Estado do Rio de Janeiro, aos times participantes e à equipe de arbitragem. Parabéns ao Guanabara pelo título!